Clínica Fisio Terapêutica Zavarize - Fisioterapia, Clinica Zavarize, Fisio Zavarize, Mogi Mirim, RPG, Atendimento Neurológico, Pilates, Fisioterapia Geral, Auriculoterapia, Fisioterapia Respiratória, Hidroterapia, Terapia Ocupacional - Mogi Mirim
CREFITO-3/1159

Artigos  
Artigos
 
24/06
27/04
11/03
 
 
Dicas & Informações
 
24/07
08/07
23/05
 
Qualidade de Vida: uma meta para todos
02/02

Artigo sobre Qualidade de Vida

QUALIDADE DE VIDA: UMA META PARA TODOS!

Recentemente no programa Bem Estar da rede Globo foi mencionado que mudanças de hábito e uma boa qualidade de vida ajudariam a prevenir diversas doenças e dentre elas o câncer. Cerca de 80% dos casos dessa doença estariam relacionados aos hábitos e estilo de vida. Portanto, existe a possibilidade de prevenção.

O programa apresentou algumas dicas básicas como evitar o cigarro, se alimentar com vegetais e fibras favorecendo o funcionamento intestinal, evitar o consumo de muita carne vermelha, amamentar, usar protetor solar desde muito cedo, praticar exercícios físicos regularmente, dentre outras dicas.

É claro que tudo isso pode parecer com receitas a serem seguidas e, na verdade, vivemos bombardeados dessas informações! Mas como ter qualidade de vida em um mundo tão cheio de ofertas ruins como os alimentos dos fastfoods e uma correria de trabalho que não deixa tempo pra se alimentar direito ou praticar uma atividade física?

Bem, acho que a palavra certa é META!

Temos que tomar a decisão de melhorarmos nossos hábitos hoje, para termos uma vida melhor no futuro. Isso não é fácil, já que os resultados virão em longo prazo o que é muito diferente do imediatismo dos nossos tempos. A gente quer tudo pra já, ou melhor, pra ontem...

Ao se falar em qualidade de vida, devemos voltar um pouco no tempo com um presidente dos Estados Unidos, chamado Lyndon Johnson, que em 1964 foi a primeira pessoa a empregar a expressão qualidade de vida. Ele declarou em pronunciamento que “os objetivos não podem ser medidos através do balanço dos bancos. Eles só podem ser medidos através da qualidade de vida que proporcionam às pessoas”.Na verdade ele estava se referindo a qualidade de vida voltada aos padrões de vida e bens materiais. Mas qualidade de vida não é apenas isso. Muitas vezes ter bens, não implica em ter qualidade de vida, basta estarmos doentes para percebermos isso.

O Grupo de Qualidade de Vida da Organização Mundial da Saúde definiu qualidade de vida como “a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”. Essa definição é bem mais abrangente e envolve a percepção da pessoa em relação a quase todos os aspectos da sua vida como a saúde física, o estado psicológico, os níveis de independência, os relacionamentos sociais, as características ambientais e a vida espiritual.

Sendo assim, a qualidade de vida passa por uma necessária mudança de comportamento e de atitude, vivência de valores, crescimento profissional e humano, disciplina e respeito, cuidados com o corpo, atenção à saúde, precauções com o meio ambiente e vivência de uma espiritualidade profunda. Isso é muito abrangente, mas é capaz de permitir uma mudança radical em todos os aspectos necessários para uma vida melhor.

Para ter qualidade de vida às vezes é necessário bastante esforço e perseverança! Deve-se focar em metas a serem atingidas dentro do que cada um acredita ser uma boa qualidade de vida e não sair dessa rota.

Muitas vezes a pessoa precisa focar na alimentação. A consulta a uma Nutricionista ou Nutrólogo poderá auxiliar, mas em algumas situações bastaria comer menos quantidade de comida e se alimentar em horários regulares, consumir mais vegetais e frutas, diminuir os churrascos de fins de semana, evitar os doces, beber menos álcool e refrigerantes.

Outras vezes, o foco pode estar na prática de atividades físicas com regularidade. A consulta médica prévia torna-se necessária em qualquer idade e o auxílio de um educador físico poderá ser muito bem vindo. Hoje se sabe que além dos exercícios aeróbicos que melhoram as condições cardiorespiratórias, deve-se praticar os exercícios com peso para ter a força muscular necessária para enfrentar as lutas e correrias de cada dia. Tanto a musculação como a natação e o Pilates, ajuda a fortalecer os músculos. A correção da postura realizada pelos fisioterapeutas também auxilia a prevenir diversos problemas na coluna e nas articulações.

As consultas médicas periódicas também são fundamentais para quem quer ter qualidade de vida. O hábito dessa prática previne doenças e mantém em equilíbrio o organismo e suas funções.

Dependendo do que você almeja, o foco pode estar em trabalhar menos e ter mais tempo para ficar com a família, amigos e ter mais momentos de lazer. Isso algumas vezes é bastante difícil de conciliar, mas os objetivos devem ser mantidos a fim de chegar a um ponto ideal de equilíbrio entre família, trabalho, lazer e espiritualidade.

O importante é que em sua agenda diária, o maior beneficiado seja você mesmo! Quando se vive bem e com qualidade, tudo melhora à sua volta e os momentos felizes passam a estarem mais presentes em várias ocasiões do seu dia a dia.

 

Uma dicano site do programa bem estar da rede globo tem um link para fazer um teste que indica como anda sua qualidade de vida.

Acesse: http://bemstar.globo.com/nutri9.php


Fonte:Jornal O Impacto - 2013




 

« Voltar